Vestidas de Vestidos

Não dá pra negar. O mais amado dos vestidos é aquele que termina ali, logo acima dos joelhos. As mais diversas mulheres, de tipos-físicos e estilos diferentes, adotaram tal modelito como seu grande companheiro para várias situações. Mas o que faz dessa peça esse ítem tão amado?!

Desvendar esse mistério não é algo complicado. Basta ver que o vestido de comprimento na altura dos joelhos cai bem nas altas, magras, gordas ou baixas. Tanto faz. Encontrar o modelo perfeito para seu corpo já é outra história mas já é um grande alivio saber que entre os vários comprimentos existentes há um que nunca vai te deixar na mão.

Através dos vestidos apresentados até hoje na London Fashion Week aponto quais detalhes, decotes e acabamentos favorecem ou desfavorecem cada silhueta.

Antes de tudo, estabeleça qual seu ponto forte e foque nele. Se gosta do colo, busque vestidos decotados ou ajustados na região; se sua confiança fica mais nos quadris, um modelo mais afunilado pode ser a solução; se acha sua barriga saliente, evite os marcados na cintura; se os braços incomodam, busque modelos com manguinha ou alças mais grossas.

Pensa que é só?! Não né… posso citar um buzilhão de exemplos, mas vamos nos mais corriqueiros: magrinhas, busquem tecidos grossos e encorpados que acrescentam volume; cintura caida, estilo melindrosa, para quem quer aumentar o tamaho dos quadris; shape triangular favorece quem quer disfarçar pernas grossas e quadris largos; decotes profundos nas costas só para quem estiver enchuta. Babados formam volumes, linhas retas escondem volumes… estampados miudos de fundo escuro para quem quer dar uma secada, claros e vividos para quem quer mais é ganhar um quilinhos num truque de visão.

Por fim, tenha – sempre – vestidos na altura dos joelhos. São os maiores curingas de um guarda-roupa e não caem de moda. Se esfriar, jogue uma jaqueta por cima ou use uma meia-calça grossa para esquentar; sapatinhos baixos dão um clima descontraido e leve, já saltos funcionam bem para quem quer ganhar um centímetros ou então impactar. A ideia é essa.

One Response to “Vestidas de Vestidos”

  1. Fê Resende Says:

    sabe que por aqui a gente tá tendo vontade de subir um pouquinho a barra dos vestidos?!?? mas só um pouquinho meishmo, tipo joelhinho de fora e pronto!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: